Clube de Leitura Financeira, Leituras

[Resenha] Pai Rico Pai Pobre

CLUBE DE LEITURA FINANCEIRA - LIVRO 03
Período de leitura: 28/04/2019 a 25/05/2019

Sobre o autor

Robert Kiyosaki é um empresário, economista, investidor e, principalmente, escritor. Seu nome ficou mundialmente conhecido através de suas obras literárias, com mais de 30 publicações em português, sendo a mais famosa “Pai Rico, Pai Pobre”.

Sobre o livro

Pai Rico Pai Pobre é o primeiro best-seller de Kiyosaki, escrito em 1997, juntamente com Sharon Lechter (que foi também coautora em várias outras publicações com ele), que se conheceram durante a fase de testes do jogo Cashflow, desenvolvido por Kiyosaki.

O foco do livro é a geração de riqueza através da compra de ativos, incentivando a inteligência financeira. Segundo o autor, a causa principal da pobreza ou das dificuldades financeiras está no medo e na ignorância, não na economia. É o medo que instalamos em nós mesmo e a ignorância que mantêm as pessoas presas na armadilha.

“A principal razão pela qual as pessoas têm problemas financeiros é que passaram anos na escola, ms não aprenderam nada sobre dinheiro. O resultado é que elas aprendem a trabalhar por dinheiro…  mas nunca a fazê-los trabalhar por elas.”

Resenha

O livro é baseado no que seria a história de vida de Kiyosaki, que compara os ensinamentos de dois homens: Um deles é seu pai biológico, um homem muito instruído, funcionário público e reconhecido em seu trabalho, mas que seria o pai pobre. O outro era pai de seu melhor amigo, um homem que apesar de não ter concluído o segundo grau, era dono de armazéns, de uma empresa de construção, de uma cadeia de lojas e um restaurante, sendo então o pai rico.

Ambos eram homens bem sucedidos em suas carreiras, porém, a mentalidade financeira de cada um é que realmente fez a diferença na construção da riqueza. Ambos acreditavam na instrução, porém tinham opiniões diferentes sobre o tipo de estudo mais adequado.

Ainda criança, Kiyosaki percebeu que ao invés de rejeitar ou aceitar um dos pontos de vista dos pais, seria muito mais interessante compará-los e tirar suas próprias conclusões. Com isso, percebeu o poder e o impacto que os nossos pensamentos têm sobre a nossa vida.

Enquanto o pai pobre era do tipo que evitava falar sobre dinheiro, o pai rico tinha o costume incentivar esse tipo de debate para exercitar o cérebro:

Por exemplo, um pai costumava falar “Não dá para comprar isso”. O outro proibia o uso dessas palavras. Insistia em que eu falasse: “O que posso fazer para comprar isso?” Num caso temos uma afirmação, no outro uma pergunta. Um deixa você sem alternativa, o outro obriga você a refletir.

Corrida dos ratos

“Acordar, ir para o trabalho, pagar contas, acordar, ir para o trabalho, pagar contas… Suas vidas então são conduzidas sempre por duas emoções: medo e ambição. Ofereça-lhes mais dinheiro e elas continuarão o ciclo, aumentando também as despesas.”

Em uma conversa entre Pai Rico e é explicado que só o fato de ganhar mais dinheiro também não resolveria o problema das pessoas. A maioria delas, se receber mais dinheiro, passará a gastar mais e continuará no mesmo lugar. O ponto principal para mudar isso é trabalhar a mentalidade para não ser dominado pelas emoções.

O que nos falta não é saber como ganhar dinheiro, mas como gastá-lo. É a falta de aptidão financeira. O que você faz com o dinheiro depois que o ganhou, como evitar que as pessoas lhe tirem o dinheiro, quanto tempo você o conserva e o quanto esse dinheiro trabalha para você.

Pela experiência do autor, ele afirma que a maioria das pessoas não descobre o motivo de suas dificuldades financeiras porque não entende os fluxos de caixa de sua própria vida.

Ativo x Passivo

Aqueles que priorizam a aquisição de ativos, apresentam um balanço financeiro melhor do que os que trabalham apenas pensando na aquisição de passivos.

Ao priorizar a compra de um ativo, você estará adquirindo um produto que vai te gerar renda, seja na forma de dividendos, juros, aluguel ou qualquer outra forma. Assim, é possível ir aos poucos gerando mais excedentes, que poderão ser reaplicados na obtenção de mais ativos. É assim que funciona a mágica dos juros compostos, que te encaminhará para a independência financeira.

Já quando você adquire um passivo, além de gastar com a compra, ainda tem outros custos embutidos, como o pagamento de mais impostos, taxas e manutenção desse bem. E se você não está fazendo o dinheiro trabalhar para você, no fim das contas suas despesas tenderão a crescer no mesmo montante do seu salário, e você estará preso na “Corrida dos Ratos”.

O que acontece com o seu salário:

  • Você trabalha para alguém >> Os esforços e o sucesso da maioria das pessoas assalariadas ajudarão a garantir o sucesso, o enriquecimento e a aposentadoria do dono da empresa e de seus acionistas.
  • Você trabalha para o governo >>  O governo fica com uma parte de seu contracheque, antes mesmo que você veja o dinheiro. Ao trabalhar mais, você simplesmente aumenta o montante de impostos que o governo arrecada (a maioria das pessoas trabalha de janeiro a maio apenas para o governo).
  • Você trabalha para o banco >> Depois dos impostos, sua maior despesa é, em geral, o financiamento da casa, do carro e a conta do cartão de crédito.
  • Você trabalha para você >> Só depois de pagar todas as pessoas/órgãos/empresas acima é que você recebe pelo seu próprio trabalho.

Por isso é tão importantes que você pague a si mesmo primeiro. Se você não se preocupar com o seu futuro, ninguém o fará por você. Trabalhe a autodisciplina. Você deve ser a sua primeira conta paga.

Autorresponsabilidade

Outra lição ensinada no livro diz respeito a autorresponsabilidade. Segundo Pai Rico, se você percebe que o problema está em você, então poderá mudar a si mesmo, aprender mais, melhorar uma habilidade e se desenvolver. Agora se você apenas culpa os outros pelos seus problemas, se acredita que todos os outros é que estão errados, então você provavelmente fracassará, pois não dificilmente conseguirá mudar a todos os demais.

Inteligência Financeira

A inteligência financeira é uma sinergia entre contabilidade, investimento, marketing e direito. O livro nos ensina que trabalhando essas quatro habilidades técnicas será muito mais fácil ganhar dinheiro. Quando se fala de dinheiro a única habilidade que a maioria das pessoas conhece é trabalhar mais, porém existem outros pontos para levar em consideração e fazer o conjunto funcionar:

  1. Alfabetização financeira: A capacidade de entender números.
  2. Estratégias de investimento: A ciência do dinheiro fazendo dinheiro.
  3. O mercado: Oferta e demanda. Se alguém está comprando, alguém está vendendo.
  4. A lei: O conhecimento de lei e regulamentos estaduais e nacionais sobre contabilidade e empresas.
Se você gostou do material disponibilizado curta e compartilhe pra ajudar esse conteúdo a chegar a mais pessoas. 
Obrigada por me acompanhar por aqui!  

💡 Posts interessantes pra você:  Clube de leitura financeira / Resenha Como Organizar Sua Vida Financeira

📬 Assine a newsletter do blog e receba os posts no seu e-mail assim que forem publicados. 

2 Comments

  1. Avatar

    Rinaldo

    Parabéns!

Leave a Reply to Cancelar resposta

Theme by Anders Norén

%d blogueiros gostam disto: